Questo sito contribuisce alla audience di

    Adeus vida atinada
    Dos horarios e das bichas
    E das gripes do inverno
    E do suor do verao

    Adeus vida atinada
    Das mil maneiras de passar fome
    Adeus às praias
    Cheias de gente
    E um beijo p`ra quem fica

    Adeus vida atinada
    Ter de dormir sete horas por dia
    Ir para o trabalho e ainda é de noite
    Ser sempre igual a todas as horas

    Adeus vida atinada
    Das mil maneiras de passar fome
    Adeus às praias
    Cheias de gente
    E um beijo p`ra quem fica

    Mudar de roupa, soltar o cabelo
    Dormir no carro, todo nu em pelo
    Dizer que hoje o dia esta perfeito
    Por óculos escuros a torto e a direito
    Pois hoje vou pegar na guitarra
    É hoje que eu me faco à estrada

    Ola ó vida malvada

    Escorrega e desliza
    Nessa estrada de vento
    Sempre, sempre, sempre

    Adeus às praias
    Cheias de gente
    E um beijo p`ra quem fica

    Mudar de roupa, soltar o cabelo
    Dormir no carro, todo nu em pelo
    Dizer que hoje o dia esta perfeito
    Por óculos escuros a torto e a direito
    Pois hoje vou pegar na guitarra
    É hoje que eu me faco à estrada

    Cosa ne pensi di "Vida Malvada" di Xutos & Pontapés?

    Vota la canzone

    Fai sapere ai tuoi amici che ti piace:

      Acquista l'album

      Commenti

      Invia il tuo commento

      Disclaimer [leggi/nascondi]

      Guida alla scrittura dei commenti